Fermento para que te quero?

Na produção de álcool, seja na indústria de bebidas, biocombustível, panificação, ou do próprio álcool, a fermentação alcoólica tem obviamente um papel fundamental. Sem o fermento e sua capacidade de gerar álcool, gás carbônico e calor a partir da glicose e outros açúcares menores, nada disso seria possível.

Na indústria cervejeira, especificamente, o fermento e seu metabolismo são responsáveis não só pela formação de álcool e gás carbônico, mas também de outros subprodutos que conferem à cerveja características como aromas frutados (ésteres), amanteigado (diacetil) e até mesmo cravo (fenóis). O estilo weizen, por exemplo, a mais conhecida cerveja de trigo no Brasil, possui por característica fundamental do estilo a presença de aroma de banana e sabor de cravo. Porém nem banana nem cravo são adicionados no processo. Estes aromas são formados durante a fermentação simplesmente com temperaturas mais altas de fermentação.

A presença ou ausência destes, bem como características de corpo da cerveja (mais leve/mais encorpado) e de dulçor (mais doce/menos doce), são o motivo do fermento ser chamado de ‘alma da cerveja‘. Existem vários fermentos diferentes que dão resultados bem diferentes na cerveja. Se fizermos uma mesma cerveja e a dividirmos em dois recipientes diferentes com fermentos diferentes, teremos cervejas diferentes. Esta variedade de possibilidades aliada à cor da cerveja, quantidade de álcool, tipo de lúpulos usados, outros adjuntos como casca de laranja e semente de coentro, permitem a criação de infinitas possibilidades de receitas e estilos. E este é o outro motivo pela qual a cerveja pode ser tão interessante!!

Mas lembrem-se sempre: beber com moderação é sempre a melhor alternativa para conhecer este mundo.

 

Dr. Glauco Caon

Biólogo, cervejeiro e proprietário da Anner Bier. Durante seu pós-doutorado trabalhou em pesquisas na busca de novas leveduras nacionais.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Tem ciência no teu chá!

A ciência que você não vê mas que está ao seu lado todos os dias.

%d blogueiros gostam disto: